Notas Musicais: Música é ou Música sendo?


Para Aristóteles, mais do que a essência do ser, importa a sua realização:

não pretendemos saber (…) o que é justiça, mas como ser justos, tal como preferimos a saúde ao conhecimento da natureza de um ser saudável, estar em boa forma mais do que conhecer a natureza de uma boa disposição física” (Ética Eudemia 1216b 25)

Se partirmos a rigor da ética de Aristóteles de que não é mais importante a ideia do que a sua realização (saúde, do que ser saudável; justiça, do que ser justo etc.) uma problematização da ontologia da música deve levar em consideração não a sua ideia – em última análise, uma essência – mas sim os seus modos de realização.

Não o que é a música, mas ela – seja o que “isso” for – sendo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s