#PRONOBIS – Pra não pensar – Ao vivo na Pandemia” no YouTube


Depois de cerca de 15 anos, a gente se reencontrou. A pandemia parou tudo e nos colocou de novo frente a frente…quer dizer, a vídeo conferência ajudou, mas não fosse este tempo único, em tantos sentidos, não sei se seria possível. Seja como for, “num sei, só sei que foi assim” (sic), diria Chicó, personagem do Auto da Compadecida, de Suassuna.

Rio de Janeiro, Santa Catarina, Sorocaba e Chapada dos Guimarães foram os locais das fontes sonoras e de sentimentos para este novo vídeo da Pronobis, editado pelo baterista Marco Mibach e mixado pelo guitarrista Marcos Lucatteli.

PRA NÃO PENSAR
(Estevão Moreira/Rogerio Ribon)

Amanheceu lá fora
O dia é uma criança
Acabo de acordar agora
Vou fazer café da manhã
Hoje é quinta-feira
Mais tarde quero te encontrar
e no passar do tempo
Vou contando as horas
Mas ontem você me olhava diferente
E aqui perto sei que não vai mais estar
Por partir assim tão de repente
Vai sempre me fazer lembrar
Mas sei também que as coisas
São mesmo sempre assim
E aceitar não é o bastante
Pra saudade que ainda sinto
E sentirei
E sentirei
Mas ontem você me olhava diferente
E aqui perto seu que não vai mais estar
Por partir assim tão de repente
Vai sempre me fazer lembrar
E agradeço pelos risos que me fez tirar
E tudo que me foi preciso pra aprender a caminhar
Passo-a-passo pela estrada, dia e noite
Momentos tão raros
E sentirei você aqui

Há cerca de 15 anos atrás a banda foi se acabando. Não por que os amigos tivessem rompido, mas porque cada um tomava seu rumo. Hoje, podemos dizer que a banda nunca acabou, mas não quer dizer que faça planos de voltar. Esse paradoxo nem é tão complexo assim. A gente só quis tocar, Pronobis, por nós, por nossa amizade. Quem encontrou um amigo, encontrou um tesouro.

Nem daria tempo pra conciliar agendas tão concorridas. Marco Mibach além de tocar bateria em Floripa, hoje conduz também um estúdio de fotografia filmagem e aulas de música. Marcos Lucatelli é crooner da queridíssima Banda Estralo e também conduz a Laje Produtora, em São Paulo. Rogerio segue em Sorocaba, como engenheiro de alimentos e empresário. Eu, sou professor e trabalho produzindo eventos em uma escola do Rio, regendo coro e, mais legal do que tudo isso, cuidando da família com minha esposa e nossos 6 filhos.

Por tudo isso, o reencontro da Pronobis é incrível, pois nos faz acessar lugares dentro de nós – e nesse caso, falo por mim – que não achei noutras frentes. É impressionante como a música tem este poder de nos influenciar, ao mesmo tempo que é influenciada pelas relações que tecemos com outras pessoas. Este reencontro já ensejou umas 5 canções. Talvez possamos vir a gravar, mas sem pretensões maiores. Caso queira ter notícias no futuro, vc pode seguir a Banda👇

No Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCCAgpj0VCrgjU8H73UzuUFw

No Instagram: https://www.instagram.com/pronobis_oficial/

Nesta pandemia, e desde sempre, nosso desejo, na verdade, era trazer uma boa mensagem de esperança a todos que estão em casa. E a arte também tem  ajudado a distrair e refletir por estes momentos. Então, é algo bem pontual. Se for só isso, já foi muito bom. Meus filhos me conheceram de outro modo e ficam cantando esta música, que tive a alegria de criar com Rogério Ribon.

E, pra finaizar, sobre as composições: quando escrevia a 20 anos atrás, tentava falar de meus sentimentos. Esta música do vídeo era uma poesia que, de início, tinha a ideia de falar de amor juvenil, paixão, eros. Mas quando começamos a desenvolvê-la, vimos que ela tratava de um amor em sentido mais amplo: de irmão, pai e filho, avô, avó; amor filia, de um amigo ou amiga; enfim, de alguém especial. E essa música canta a memória de alguém que se foi; ou também perfeitamente fazer relação com a ideia de distanciamento. Aliás, ela começou como uma homenagem aos que se foram. Celebrar a memória. É uma oração. E este sentimento é universal. Então, com meu sentimento, pude expressar algo que estava em outros corações, sem ter percebido isso quando a escrevi há 20 anos atrás. Conexão. Religare.

Hoje, voltei momentaneamente a escrever canções (na verdade nunca parei de escrever, mas agora as circunstâncias tem me impelido a criar mais), e por enquanto a Pronobis está pulsando suave, estou me ouvindo (lá dentro) e quero também ouvir outros corações, de modo que uma canção minha possa ajudar outra pessoa a se sentir melhor, se perceber melhor, transcender e olhar a vida de outra forma, se lançar pra além do trivial. Porém, não me dedico a isso integralmente, tento ler no cotidiano. Contemplar na ação. Seja aprendendo uma nova letra em algum insight de meus filhos, numa relação familiar, observando outras relações, seja revisitando letras, seja nos afazeres da vida cotidiana, lavando pratos (atualmente, muita coisa a ser feita em casa, na contingência, no servir à família, com amor). Assim também poderei me ver, perceber, sentir melhor. Não me refiro a um simples bem-estar, nem fechar-se em si mesmo. Ao contrário, é um abrir-se mais, sentir na perspectiva de tomar consciência. Sentido. Assim, faço unidade com meu irmão. “Sentirei, você aqui”, como diz a música, no coração.

É esta nossa homenagem às famílias que perderam seus entes queridos para a COVID e tantas outras pestes do corpo e do espírito. Mas também é nosso apoio a quem está temporariamente impossibilitado de dar um abraço num ente querido.

A música tem dessas coisas. E é por essas e outras coisas que faz toda a diferença na vida de quem gosta. Tem quem não goste. Mas até os surdos gostam e fazem música (de um jeito ainda mais sensorial, tátil e visual) e talvez com eles possamos aprender o real poder da música, sobretudo, nos seus silêncios eloquentes.

Já foi ouvir? Vai lá: “Pra Não Pensar” (Pronobis)

Ah, e se vc puder compartilhar vai ajudar a música e esta história chegar a mais pessoas.

Abs,

Estevão

10 comentários

  1. Fiquei tocado com texto e, principalmente, com qualidade das músicas e suas letras que falam fundo em nossas almas.
    Parabéns! Na medida que puderem, continuem.

    Curtir

  2. Ler Estevão, ouvir Estevão é “o privilégio de entrar em contato com a sensibilidade “ !!!!
    Um Ser de luz!
    Parabéns amigo!
    Brilhe sempre 🙌🏻☀️🙌🏻
    Deus contigo

    Curtir

  3. Texto profundo!!! Que vc continue semeando suas canções!!! Que vcs da banda revivem e alimentem a semente que vcs um dia na estrada da Vida plantaram. Sou fã!!!!

    Fraterno abraço

    Zé Francisco

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s